Clipping
URGENTE! Bolsonaro quer fim do 13º e férias (Sexta, 28 Setembro 2018 17:23)
Promoção especial do Dia das Crianças (Quarta, 15 Agosto 2018 09:57)
Destaques

Destaques (536)

Quinta, Out 18 2018

Foi realizada nesta quinta-feira (dia 18) a rodada de negociação da Campanha Salarial  2018 entre a direção do Sindicato e o Provarejo. A expectativa é que as negociações estejam concluídas até 1º de novembro. Já para o restante do estado, a direção do Sindicomerciários aguarda da Federação do Comércio que se posicione com relação ao calendário de negociações, que foi solicitado pelo Sindicato no mesmo dia em que protocolou a Pauta de Reivindicações.

Com o slogan "Direito não se reduz, se amplia", a Campanha Salarial 2018 dos trabalhadores no comércio no estado do Espírito Santo (incluindo Cachoeiro, que negocia em separado) tem como eixo a reposição integral da inflação nos salários, acrescida de ganho real. A Campanha também pede a manutenção de todos os direitos, devidamente corrigidos financeiramente, além do ticket-alimentação.

"As expectativas do Sindicato são boas, uma vez que, em que pese a crise que atravessa o país, o setor do comércio vem registrando aumento de vendas e lucro, resultado do esforço de vendas e da dedicação dos comerciários e comerciárias, que precisam ser valorizados com salários justos e benefícios mantidos e corrigidos", avaliou o presidente do Sindicomerciários, Rodrigo Rocha.

Sexta, Set 28 2018

O vice de Jair Bolsonaro acaba de declarar que o candidato deve extinguir o 13º salário e o adicional de férias, caso eleito. A fala de Mourão começa a dar a dimensão do programa anti-povo e anti-trabalhador de Bolsonaro e revela o pior dos mundos aos trabalhadores se o ex-capitão sair vitorioso das urnas. 

Criado no Brasil em 1967, o 13º salário existe na Itália desde 1960. Esse salário extra também é pago em países como na nossa vizinha Argentina, Uruguai, Colômbia, México, Panamá, Peru e Portugal. No Brasil, o 13º salário é uma cláusula pétrea da Constituição de 1988, o que quer dizer, não pode ser mexida.

A reação à fala de Mourão/Bolsonaro foi imediata. No mesmo dia, representantes das oito centrais sindicais brasileiras, entre as quais a CUT, subscreveram nota em repúdio ao vice de Bolsonaro.  "Uma fala descabida, ofensiva e lamentável”, rechaçou o presidente do Sindicomerciários, Rodrigo rocha, segundo o qual, a declaração revela “o que está por trás de Bolsonaro: uma candidatura antissocial que deve ser repudiada por toda a classe trabalhadora brasileira, sobretudo os comerciários”.

A hora é agora de refletir sobre o que as candidaturas que estão colocadas pensam sobre os trabalhadores. Depois do voto nas urnas, não adianta chorar o leite derramado. E uma coisa é certa: votar no candidato da bala é um tiro no pé. 

#13ºsim #EleNão

Quarta, Set 05 2018

A direção do Sindicomerciários conseguiu judicialmente, nesta quinta-feira (dia 30), anular os efeitos da assembleia fraudulenta convocada na surdina por empresários de concessionárias para criar um sindicato de caráter exclusivamente patronal, mas que se passaria por representante dos trabalhadores do setor. O pedido de suspensão foi concedido pela Justiça através de liminar. A realização da assembleia foi denunciada ao Sindicomerciários por trabalhadores em concessionárias revoltados por estarem sendo pressionados e obrigados pelos patrões a comparecer no local 

A assembleia marcada para às 19h, em uma sala comercial que sequer cabiam 10 pessoas, localizada em um prédio no final da Reta da Penha, foi realizada no tempo recorde de 15 minutos, insuficiente para se fazer chamada dos presentes, apresentar a chapa do sindicato fantasma e, ainda por cima, ler todo o suposto estatuto de criação do sindicato fantasma.

A direção do Sindicomerciários, que realizou manifestações ao longo do dia denunciando a fraudulenta manobra patronal, foi impedida por um forte esquema de truculentos seguranças de entrar no prédio em que se localiza a sala da assembleia mandrake. 

Toda essa manobra orquestrada pelos patrões em concessionárias - sobretudo os grupos Orletti e Líder/CVC - tem sido executada pelo gerente comercial do braço automotivo do grupo Orletti, Bruno Fortes da Silva. E não é pouca coisa. O homem é poderoso. O ramo do grupo Orletti que ele gerencia, atua aqui no estado e em outras duas unidades da federação (MG e BA), representando seis concessionárias: Orvel (Volkswagen automóveis), Man (Volkswagen caminhões e ônibus), Belle (Fiat), Nova (Ford), Atlântica (Renault) e HBM (Hyundai), distribuídas em 14 lojas. 

O grupo Orletti possui, também, marca própria para veículos seminovos (Rede 10), distribuídas em seis lojas, e para distribuição de veículos novos multimarcas (Rede Marcas), igualmente com seis lojas. Como se percebe, o executivo Bruno Fortes, que articula a criação do sindicato malandramente de trabalhadores, está muito distante do perfil de um trabalhador em concessionárias.

Lobo em pele de cordeiro

“É esse tipo de gente, típico lobo em pele de cordeiro, que trama um golpe contra os trabalhadores e o Sindicomerciários, único, verdadeiro e legítimo representante dos empregados em concessionárias. E é esse tipo de gente que pretende negociar em seu nome o acordo salarial”, denuncia o presidente do Sindicomerciários, Rodrigo Rocha, segundo qual, se, de fato, eles estivessem interessados em melhorias para os trabalhadores já teriam negociado há muito tempo com o Sindicomerciários.

Rodrigo orienta à categoria para que denunciem anonimamente sua empresa ao Ministério Público (27 3194-4500), caso você tenha sido obrigado a comparecer à assembleia. “O Sindicomerciários continuará atento e vigilante, política e juridicamente, para evitar que os patrões se organizem e enganem os trabalhadores com sindicatos fantasmas”, finalizou Rodrigo.

Quarta, Set 05 2018

A maioria dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) votou contra os trabalhadores e trabalhadoras do país ao aprovar, por 7 a 4 votos, a constitucionalidade da terceirização da atividade-fim das empresas.

O presidente do Sindicomerciários, Rodrigo Rocha, não só lamenta como também condena a decisão dos ministros do STF. Para o dirigente os ministros perderam a oportunidade de rever um ato inconstitucional aprovado pela Câmara dos deputados. “Inadmissível, os trabalhadores brasileiros mais uma vez sendo massacrados pelos magistrados”. 

A CUT (Centro Única dos Trabalhadores) afirmou em nota, que o Supremo Tribunal Federal desrespeitou a Constituição ao liberar a terceirização na atividade-fim, dando mais uma prova de que vivemos em um Estado de Exceção, no qual os poderes da República estão sequestrados pelos interesses do grande capital. 

Para o secretário de Assuntos Jurídicos da CUT, Valeir Ertle, essa decisão demonstra que os ministros do STF não reconhecem a realidade da vida do trabalhador.

“Eles não leram os estudos feitos que demonstram como a terceirização prejudica o trabalho. A decisão não teve base técnica das leis. Foi um julgamento político. Evocar o número de desempregados para admitir a terceirização irrestrita é o cúmulo do absurdo. Os ministros não tem a mínima preocupação com o trabalhador”, desabafa Valeir”.

Revolução pelo voto

Para o secretário de Assuntos Jurídicos da CUT Valeir Ertle, somente as próximas eleições, com trabalhadores e trabalhadoras votando em candidatos progressistas podem reverter esta situação.

“É preciso votar em pessoas que possam mudar a legislação. Trabalhadores não podem votar em patrões e empresários. Têm de votar em quem defende os direitos da população. A única revolução é a do voto”, diz Valeir.

Sexta, Ago 31 2018

A diretoria do Sindicomerciários continua operando em força máxima a Campanha de Sindicalização em todo o estado. Na Grande Vitória, na última sexta-feira, os diretores, Genivaldo Lopes, Jaldo Gomes, Jeam Cabidelle e Jorge Domingos, visitaram alguns supermercados da região metropolitana promovendo um debate sobre a importância de ser sindicalizado e também apresentando alguns benefícios que só os comerciários sindicalizados possuem, como por exemplo, descontos em diversas instituições de ensino (faculdades, escolas técnicas e de idioma), farmácias, autoescolas, academias entre outras.

A Campanha, que teve início em maio, já sorteou 13 Smart TV’s aos comerciários sindicalizados e ainda irá sortear bicicletas (no dia do comerciário, 30 de outubro), diárias no Praia Grande Hotel e uma Moto Zero quilômetro no final do ano.

O secretário geral do sindicato, Jeam Cabidelle, faz um balanço da campanha até o momento, “em pouco mais de três meses de campanha o número de comerciários que entenderam a importância de ser filiado e de fortalecer a luta do sindicato nos impressionou, por isso vamos continuar indo até as lojas, supermercados, shoppings, apresentando o real valor da sindicalização”, disse Jeam.

Sexta, Ago 31 2018

Vai sobrar para a categoria comerciária a responsabilidade por um recente escândalo envolvendo o site da gigante do varejo Lojas Americanas. A página virtual da empresa colocou à venda pelo menos 37 modelos de camisetas cujas estampas reafirmam posições racistas, homofóbicas e misóginas defendidas pelo candidato de extrema-direita à presidência da República Jair Bolsonaro. Na mesma página, são comercializadas também 26 modelos de camisetas ofensivas contra o ex-presidente Lula.

O fato gerou forte repercussão negativa nas redes sociais e recebeu repúdio veemente do presidente do Sindicomerciários-ES, Rodrigo Rocha, fazendo com que a loja online recuasse e retirasse do ar os produtos à venda. Mas não assumiu a responsabilidade. Preferiu transferir a culpa para o lado mais fraco, a categoria comerciária. Em nota curta publicada no final da tarde desta quarta-feira (29), a Lojas Americanas disse que irá punir os vendedores de camisetas em seu site que fazem publicidade do discurso de ódio do candidato Bolsonaro e achincalhe do nome de Lula.

O controle acionário das Lojas Americanas, no entanto, põe dúvida diante de uma eventual casualidade por parte da empresa. Não há ali uma involuntária coincidência, mas uma ação deliberada.

A Lojas Americanas é controlada pelo empresário Jorge Paulo Lemann, bilionário mais rico do Brasil, que defendeu o golpe contra Dilma Rousseff, em 2016, e financia eventos com grupos de direita como MBL e Vem Pra Rua. Ambos grupos que apoiam o candidato Bolsonaro. Lemann também foi um dos idealizadores da falida candidatura do apresentador Luciano Huck, à presidência da República. Lemann é presidente da Ambev, a gigante multinacional do setor de cervejas, dona das marcas Brahma e Skol. A fortuna de Lemann está avaliada em R$ 60 bilhões. 

Em junho passado, a Fundação Lemann, de Jorge Paulo, patrocinou a edição do Brazil Conference at Harvard & MIT, em São Paulo, cujo tema foi “renovação política”. O principal convidado foi o candidato Bolsonaro.

Terça, Ago 28 2018

Os dirigentes do sindicato estão em reunião, no auditório do Praia Grande Hotel, abrindo as discussões sobre os rumos da Campanha Salarial desse ano. O Sindicato, que tem como sua bandeira de luta o ticket alimentação, traça estratégias de como conseguir conquistar esse importante benefício para a categoria.

O presidente de entidade, Rodrigo Rocha, começa a reunião propondo um debate sobre a luta para garantir em Convenção Coletiva os direitos já conquistados, porém ameaçados pela reforma trabalhista. “Precisamos ter clareza de que a luta deve ser constante, devemos priorizar a manutenção dos direitos adquiridos, não deixando a classe patronal tentar retroagir em nenhum momento”, disse Rodrigo.

Durante a reunião será apresentado também um balanço da campanha de sindicalização realizada nos últimos meses e ainda serão analisados os eventos esportivos/comemorativos tanto que o sindicato já realizou ao longo desse ano, quanto os que ainda estão por vir.

Quinta, Ago 23 2018

Os comerciários e comerciárias de São Gabriel da Palha aproveitaram o feriado em comemoração ao dia do Comerciário com um dia de muito lazer e diversão. O Sindicato realizou mais uma edição da Festa de Confraternização dos Comerciários de São Gabriel e região.

O evento começou logo cedo, por volta das 09h com um futebolzinho nos campos da AABB, paralelamente, a animação da pista de dança era comandada pelo cantor “Chuchu é Show”. Os Comerciários e comerciárias sindicalizados se jogaram na festa e aproveitaram cada minuto da confraternização dedica a eles.

O diretor responsável pela Sede Regional de São Gabriel e região, Ismael Becigo, comandou o sorteio dos prêmios e ainda falou um pouco da importância dos trabalhadores serem associados ao sindicato. “É a partir da filiação que o sindicato consegue se organizar enquanto entidade política e ter forças para lutar por mais direitos”, disse.

O dirigente falou ainda em nome de toda a diretoria, agradecendo a presença dos comerciários que participaram mais um ano desse evento que já é tradição do calendário. “Queremos agradecer a todos vocês que estão sempre ao lado do nosso sindicato, que nos apoia e que comparecem em massa nos eventos organizados por nós da diretoria, muito obrigado”, disse ele.

É isso aí comerciários, ano que vem tem muito mais!

Quinta, Ago 23 2018

O primeiro debate eleitoral entre os candidatos ao governo do estado foi realizado na noite de ontem, 20, no auditório do Sindicato dos estivadores, em Vitória. Estiverem presentes os candidatos, Jackeline Rocha (PT), Rose de Freitas (Podemos), André Moreira (Psol), Renato Casagrande (PSB) e Aridelmo Teixeira (PTB).

De olho nas propostas e no programa de governo que possa melhor representar os trabalhadores capixabas, o Sindicomerciários enviou o presidente da entidade, Rodrigo Oliveira Rocha e o diretor, Emerson Serra, para acompanhar todo o debate. Atentos, os dirigentes puderam filtrar a participação de cada candidato e analisar quem não fugiu ao debate. 

Para o dirigente hoje foi o primeiro de muitos debates que ainda estão por vir, no entanto já ficou claro quem tem a intenção de governar para o empresariado e quem está pensando nos trabalhadores capixabas.

“No debate de hoje a candidata do Partido dos Trabalhadores, Jackeline Rocha, com certeza saiu vencedora. Foi a que melhor apresentou suas propostas e deixou claro que está disputando o governo do estado pois pretende devolver a esperança à juventude e sobretudo aos trabalhadores capixabas”, finalizou Emerson.

Foto: Fernando Madeira

Quinta, Ago 23 2018

A direção do Sindicato realizou no último domingo, 19, o X Torneio de Futebol Society dos Comerciários de Aracruz e região. Ao todo seis equipes participaram do torneio, foram eles, Kinkas Vila Nova, Kinkas Centro, Devens Centro, juntos e misturados, Laguna Motos e Devens Bela Vista.

A grande final foi entre o Kinkas de Vila Nova e Devens Centro. Quem levou a melhor e sagrou-se campeão do torneio foi os atletas comerciários do Kinkas Vila Nova, o placar elástico de seis a três deu a vitória ao pessoal do Kinkas. A equipe ainda recebeu o troféu de melhor goleiro, com o comerciário José Carlos Machado e de artilheiro da competição, Alef.

Após as partidas começou a famosa “resenha” entre os atletas e a confraternização foi geral. A diretora responsável pela Sede Regional de Aracruz, Márcia Matias, falou muito sobre a importância da sindicalização, mas também não deixou de agradecer a participação de todos que se divertiram com o evento. 

“Mais um ano a diretoria do sindicato conseguiu trazer aos comerciários sindicalizados de Aracruz um momento de esporte e lazer, quero agradecer, em nome da diretoria, a presença de todos aqui hoje, muito obrigada por vocês acreditarem no nosso trabalho, estamos juntos”, disse Márcia.

As comerciárias também tiveram vez no evento. Pela segunda vez elas entraram em quadra para disputar uma divertida partida de queimada. Nessa competição o importante era participar, não houve vencedoras. O evento teve ainda muita música ao vivo e sorteio de vários prêmios para os comerciários e comerciárias sindicalizados.

Pagina 1 de 39

Denúncias

Se você está sofrendo qualquer tipo de abuso no seu local de trabalho, o Sindicato sempre será o seu maior aliado!

Informativos



Siga-nos nas redes sociais

Receba nossas notícias