Sindicomerciários esteve à frente do dia internacional da mulher no Estado

A diretora da Secretaria Especial da Mulher e Assuntos Comunitários do Sindicomerciários, Márcia Borges, foi uma das coordenadoras das manifestações no Centro de Vitória, no última dia 8 de março, data que marca mundialmente o Dia Internacional da Mulher. E aqui na capital do estado o dia foi de luta e manifestação. 

O ato teve início na Capitania dos Portos e seguiu até o Museu Negro, na região do Parque Moscoso, próxima à sede do Sindicato. "Em todo o país, mulheres trabalhadoras saíram às ruas em passeata organizada pela CUT e as centrais sindicais na luta em defesa de seus direitos e contra a onda de desemprego gerada pela reforma trabalhista de Temer e a da Previdência, encaminhada por Bolsonaro", protestou Márcia.

A luta contra a Reforma da Previdência proposta por Bolsonaro, aliás, foi  principal eixo das manifestações, uma vez que atinge especialmente as comerciárias. Os demais eixos do Dia Internacional da Mulher foram a falta de políticas públicas para as mulheres e o repudio ao feminicídio ― crime que já registra no país mais de 200 casos em 2019!

"A luta continua e nosso sindicato não vai se calar! Mulheres, seguimos juntos, por nenhum direito a menos", finalizou a dirigente sindical comerciária Márcia.

Lido 228 vezes
Avalie este item
(2 votos)
Publicado em Destaques

Denúncias

Se você está sofrendo qualquer tipo de abuso no seu local de trabalho, o Sindicato sempre será o seu maior aliado!

Informativos



Siga-nos nas redes sociais

Receba nossas notícias