Governo Bolsonaro reduz adicional de periculosidade

A retirada de direitos não para. Agora foi a vez do adicional de periculosidade. Reduzir o percentual de periculosidade pago aos trabalhadores expostos a riscos é mais um absurdo do governo Bolsonaro.

O texto que trata desta questão é confuso e causa divergências. Porém, o que se sabe é que os jovens contratados no regime do programa "verde amarelo", terão o adicional reduzido de 30% para 5%.

A MP ainda faz duas alterações: propõe substituir o adicional por um seguro privado (pago apenas em casos de acidente pessoais) e pagar o adicional somente quando a exposição ao perigo corresponder a 50% da jornada de trabalho.

É isso mesmo, você, trabalhador será prejudicado até mesmo quando exercer cargos de risco à vida!

Lido 246 vezes
Avalie este item
(0 votos)
Publicado em Destaques

Denúncias

Se você está sofrendo qualquer tipo de abuso no seu local de trabalho, o Sindicato sempre será o seu maior aliado!

Informativos



Siga-nos nas redes sociais

Receba nossas notícias