Provarejo recusa propostas de reivindicações dos trabalhadores

A diretoria do Sindicomerciários entregou a pauta com as reivindicações dos trabalhadores comerciários do município de Cachoeiro de Itapemirim, no entanto não foi possível chegar a um consenso com o Sindicato patronal (Provarejo). Entre as exigências dos trabalhadores estavam o reajuste salarial com ganho real, a manutenção dos direitos sociais tais como, plano de saúde e seguro de vida, o descanso aos domingos para os funcionários de supermercados e o plano odontológico gratuito.

Diante do impasse nas negociações o Setor Jurídico do Sindicomerciários protocolou no Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) uma solicitação de mediação na negociação Coletiva de Trabalho. Até a publicação dessa matéria o MTE não havia confirmado o dia e horário.

Vale lembrar aos comerciários e comerciárias de Cachoeiro de Itapemirim que de acordo com o Art.6º A da Lei 10.101/2000 enquanto a situação não é resolvida e a Convenção não é assinada, o comércio de modo geral não poderá contar com a força de trabalho de nenhum empregado nos feriados municipais, estaduais e federais (a não ser que haja um acordo entre as partes).

O presidente do Sindicato, Jakson Andrade, alerta para o feriado de Proclamação da República, no próximo sábado, dia 15. Ele ainda pede a ajuda do trabalhador para fiscalizar o trabalho indevido. “Se não houver acordo entre Sindicomerciários e Provarejo o comércio em Cachoeiro não poderá exigir o labor de seus funcionários, no entanto o trabalhador precisa ajudar o sindicato na fiscalização”, concluiu Jakson.

O Sindicato fica ainda a disposição da categoria para sanar quaisquer dúvidas. Para mais informações ligue, 28 3522-1531.

Lido 3585 vezes
Avalie este item
(1 voto)
Publicado em Cachoeiro

Denúncias

Se você está sofrendo qualquer tipo de abuso no seu local de trabalho, o Sindicato sempre será o seu maior aliado!

Informativos



Siga-nos nas redes sociais

Receba nossas notícias