Correção do FGTS – Todos os trabalhadores representados pelo Sindicomerciários estão inseridos nessa ação – Sindicomerciarios
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

O Jurídico do Sindicomerciários já se encontra na Justiça com ação em que cobra da CEF a correção do saldo do FGTS, desde 1999, pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), e não pela Taxa Referencial (TR), como ocorre atualmente. É importante esclarecer que todos os empregados do comércio no Espírito Santo, sindicalizados ou não, representados pelo Sindicato já estão inseridos nesse processo, que poderá aumentar consideravelmente o saldo do FGTS.

Mas, para isso, é preciso aguardar a decisão do STF, que está para julgar ação que pede justamente a inconstitucionalidade da TR para a correção Fundo de Garantia. A sessão para o julgamento dessa ação estava marcada para esta quinta-feira, dia 13, mas foi retirada de pauta pelo presidente do Supremo Luiz Fux.

A direção do Sindicomerciários está monitorando a data da nova sessão para comunicar à categoria.

×